sábado, janeiro 29, 2011

As pessoas acham que a alma gêmea é o encaixe perfeito... e é isso que todo mundo quer.
Mas a verdadeira alma gêmea é um espelho...
A pessoa que mostra tudo que está prendendo você...
A pessoa que chama a sua atenção para você mesmo... para que você possa mudar a sua vida...
Uma verdadeira alma gêmea é provavelmente a pessoa mais importante que você vai conhecer, porque elas derrubam as suas paredes e te acordam com um tapa...
Mas viver com uma alma gêmea para sempre?
Não... Dói demais...
As almas gêmeas só entram na sua vida para revelar a você uma outra camada de você mesmo... e depois vão embora...

[Elizabeth Gilbert]

"Comer, Rezar, Amar"

quinta-feira, janeiro 27, 2011

segunda-feira, janeiro 24, 2011

Se era amor?!
Não era... Era outra coisa.
(...) Eu era daquele homem, ele era meu...
E não era amor...
Então era o que?
Dizem que as pessoas se apaixonam pela sensação de estar amando, e não pelo amado... É uma possibilidade...
Eu estava feliz... eu estava no compasso dos dias e dos fatos. Eu estava plena e estava convicta. Estava tranqüila... Estava bem sintonizada. E de uma dia para o outro... estava sozinha (...)
E quando acabou, foi como se todas as janelas tivessem se fechado às três da tarde num dia de sol...
Foi como se a praia ficasse vazia...
Foi como um programa de televisão que sai do ar e ninguém desliga o aparelho, aí fica ali o barulho a madrugada inteira, o chiado, a falta de imagem, uma luz incômoda no escuro...
Foi como estar isolada num país asiático, onde ninguém fala sua língua, onde ninguém o enxerga...
Nunca me senti tão desamparada no meu desconhecimento...

(...) Se não era amor... era da mesma família... Pois sobrou o que sobra dos corações abandonados... a carência, a
saudade, a mágoa, um quase desespero...
(...) Eu sei, não precisa me dizer outra vez...
(...) Onde é que eu estava com a cabeça... de acreditar em contos de fadas, de achar que a gente manda no que sente e que bastaria apertar o botão e as luzes apagariam e eu retornaria minha vida satisfatória, sem seqüelas, sem registro de ocorrência?!
(...) Não era amor, era uma sorte...
Não era amor, era uma travessura...
Não era amor, era sacanagem...
(...) Não era amor, eram dois celulares desligados...
(...) Não era amor... era melhor.......
[Martha Medeiros, Divã]

sexta-feira, janeiro 21, 2011

O meu amor por você era tão bonito... digno de moldura e porta retrato! Algum lugar com destaque na estante... Merecedor de instantes eternos...
Globo de Ouro. Oscar, quem sabe?
Não era para ter ficado em um canto qualquer...

Ou no fundo de uma mala jogado às traças e ao esquecimento...

Era para ter altar...

... mas, ganhou uma lápide!

[Érica Vittorazzi]

quarta-feira, janeiro 19, 2011


Só o tempo nos ensina a imprevisão das coisas... a impossibilidade que não nos damos conta... os atalhos... as placas que entendemos errado pelo caminho...


[Cáh Morandi]

sexta-feira, janeiro 14, 2011



Este mimo ganhei da Fran... lindo!!!


Ele contém algumas regras:






1 - Repassar o selo a 15 blogs e avisar;


2 - Responder as perguntas.




Nome: Thaily Jalia Pereira


Uma música: No momento é... With or without you – U2


Humor: Essencial pra me conquistar...


Uma cor: Vermelho


Uma estação: Primavera


Como prefere viajar: Entre amigos


Um seriado: Smallville


Frase ou palavra mais dita por vc: Arrasou!


O que vc achou do selo: Um luxo!



Indico:


http://inconstantevida.blogspot.com/


http://karinasba.blogspot.com/



http://leninhaflordeliz00.blogspot.com/



http://pensaemmiiim.blogspot.com/



http://paulinhaleitte.blogspot.com/



http://algoinenarravel.blogspot.com/



http://viajapensamentos.blogspot.com/



http://silvinhahba.blogspot.com/



http://dani-ricardo.blogspot.com/



http://meninados-olhosdemel.blogspot.com/



http://adoce-com-limao.blogspot.com/



http://caixamgica.blogspot.com/



http://palavrearintenso.blogspot.com/



http://fabricadesonhosinfinitos.blogspot.com/



http://diariosdeumadesconhecida.blogspot.com/


terça-feira, janeiro 11, 2011

Estou perdendo as minhas ilusões... talvez... para adquirir outras novas...
[Virgínia Woolf]

domingo, janeiro 09, 2011



A vida pode ser mais leve... mais lúdica...
Se eu não brincasse... enlouqueceria!
Não posso nem sei ser essa imagem que tanta gente congelou a respeito do que é ser adulto.
Passo longe desse freezer...
Quero o calor da vida!

Quero o sonho e a realidade melhor que ele puder gerar...
Quero alguma inocência que não seja maculada...
Quero descobrir coisas que não suspeito existirem e, que para minha surpresa,
têm significado para o meu coração...
Adulta... quero caminhar de mãos dadas, vida afora, com a criança que me habita...
curiosa, arteira, espontânea...


[Ana Jácomo]