sexta-feira, setembro 24, 2010


Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano... Isso são referências, só.
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá... ou pelo tormento que provoca. Ama-se pelo tom de voz... pela maneira que os olhos piscam... pela fragilidade que se revela quando menos se espera...
Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC.
Ama-se justamente pelo o que o amor tem de indefinível.
Honestos existem aos milhares, generosos tem às pencas, bons motoristas e bons pais de família... tá assim, ó!
Mas só o seu amor consegue ser do jeito que ele é...

[Martha Medeiros]

2 comentários:

  1. Vou escrever oq ue senti após ler essa pagina inteira...você é intensa, e ao mesmo tempo como uma brisa. Palavras sutis para expressar um turbilhão interior. Coisas do amor que é pequeno na escrita, mas infinito como o universo para aqueles que ousam tirá-lo do papel.
    Amo-te friend.

    ResponderExcluir
  2. ✿seuu blog tah todo lindooo...
    adoreii td, as cores, os post!
    tahh lindoo..

    tem selinho no meu blog, ofereço pra vc..
    pega lá! ;D

    Bjss...
    Fica com DEUS...

    ♥_________Mih_
    http://descalcapoesias.blogspot.com/

    ResponderExcluir