domingo, agosto 22, 2010


(...) Tudo se move a nossa volta, tudo se transforma e, até mesmo quando nos recusamos a acompanhar a dança da vida, sem percebermos, ela nos tira pra dançar... nos envolve com um ritmo novo...
Quando isso acontece?
Quando nos abrimos para a magia de viver e respiramos as entrelinhas, os silêncios...

[Caio Fernando Abreu]

Nenhum comentário:

Postar um comentário